5 coisas que mudaram depois que eu me tornei mãe


Semana do dia das mães, o meu segundo ao lado do meu filhote e eu trouxe esse post pra mostrar quais foram as cinco coisas que mudaram durante toda essa caminhada como mãe de primeira viagem.
Não pense que foi fácil selecionar essas 5 mudanças, pois desde que eu descobrir que estava grávida, tudo mudou. E por incrível que pareça, nós não temos esse controle no qual a gente escolhe tal situação e vive ela, essas mudanças nem se quer batem na porta, elas chegam sem pedi licença e transforma a nossa vida de uma maneira que nós não estamos acostumados.

1. Tempo
Eu não sei nem te dizer se o tempo está à favor ou contra, ao mesmo ''tempo'' eu acho que ele passa depressa e lento. Eu também posso te dizer que o tempo que eu tinha apenas pra mim não existe mais. Antes do Fernando chegar a este mundo, eu passava o dia fazendo coisas voltada para o meu bem estar, criava vários conteúdos, gravava para o canal dia sim e dia não, postava todos os dias no blog, postava 2 vídeos na semana no yt... hoje em dia o tempo que eu tenho só pra mim é quando estou tomando banho. Durante o fim de semana esse tempo ''só'' aparece quando eu estou me maquiando para gravar, mas as vezes com pausa para atender o Fefe quando ele está chorando atrás de mim. Enfim, se alguém tem tempo de sobra pode mandar uma caixa grande aqui pra casa, tá bom? :)

2. Sono
Des do 8° mês de gestação que eu não sei o que eu é dormir 8h seguidas e acordar pleníssima. Tem dias que eu fico 5 minutos parada e já quero encostar em algo para tirar um cochilo de meia hora, somente com essa '' meia horinha'' já iria me ajudar a encarar o dia mais tranquila. 
Isso, quando o filho fica doente e você não sabe nem o que é fechar os olhos. 
É minhas amigas, isso só é começo. Dizem que só piora!

3. Me tornei uma pessoa mais corajosa
Olha aí um lado ''bom" disso tudo. Eu acho que eu me tornei uma pessoa mais corajosa para o mundo. Se é pra resolver e encarar qualquer burocracia, vamos que vamos. Mas é claro que tem outras coisinhas que eu penso 2x antes de agir, mas agora é pro precaução mesmo.
Junto com esse encorajamento, eu descobrir o quanto eu sou feliz diariamente sem depender de outras pessoas ou algo material. A alegria que o Fernando me traz todos os dias com o seu sorriso e suas descobertas já me fazem flutuar. Vocês não tem noção de como é bom sentir tudo isso!

4. Nem tudo são flores
Sabe aquele comercial de pomada no qual a mãe passa o produto toda feliz e toda arrumadinha? Ele pode existir, mas na maioria das vezes o filho irá fugir, chorar, você certamente estará de pijama ou com a roupa de ficar em casa e sem maquiagem ou cabelo penteado. Pelo menos no meu caso é assim. Fora as outras questões no qual nós não imaginaríamos que iria ser tão afrontosa. Hoje em dia a falta de paciência está me testando. Tem horas que eu queria sumir, mas com o Fernando junto ou ir para um shopping e voltar só 3h depois. É um mix de sessações que você não sabe qual sentir primeiro. A maternidade transforma a mulher de dentro pra fora e no dia-a-dia mil vezes mais. Mas a pesar de tudo isso, sempre valerá a pena.

5. Cansaço
Eis que chega à noite e eu estou como? Só o pózinho querendo tomar um banho, comer e dormir. Mas antes temos que preparar o banho do filho, roupa, trocar, jantar, brincar, mamar e fazer dormir. Aí você olha para o relógio e vê que é tarde da noite e aquele plano de lavar o cabelo foi por água abaixo, literalmente.

O cansaço para quem tem filho é muito doloroso. As vezes você se sente com vontade de chorar e dizer para alguém: Me ajuda, fica com ele enquanto eu descanso? Mas ao mesmo tempo você se sente na obrigação de cuidar até o seu bebê desmaiar de sono e logo em seguida você dizer: Ufa, graças a Deus!

Aí, só pra não esquecer... tem o blog que precisa de atenção, mas você não teve tempo de criar nada e os dias vão passando e você se depara que o seu trabalho ficou mais um vez de lado...


~ ~ ~ ~
Apesar de está na melhor fase pessoal da minha vida, eu não posso deixar de dizer o quão desafiador é criar um filho. São tantas responsabilidades que você se vê em um barco à deriva sem ter pra onde se salvar.

Essas mudanças foram radicais e eu aceitei e estou aprendendo com cada uma delas. Como eu disse anteriormente, nada disso bateu na porta antes de entrar. Só quem está vivendo essa maternidade real sabe muito bem o que eu quero dizer. Mas acredite na Jézinha aqui, tem coisas que mudam e nós não entendemos o porque... a vida tem  dessas coisas, tirar e colocar, subir e baixar, mas lá no final você enxerga o real motivo de tudo e vai dizer: Graças a Deus tudo mudou e eu mudei.

Esse post foi mais do que tudo um alivio para mim, pois através dele muitas pessoas vão entender o real motivo das minhas mudanças.

Um beijo

Você posde gostar também:

8 comentários

  1. menina, essa é uma mudança e tanto na vida de qualquer mulher hein, imagino mesmo que deva mudar tudo hehe

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Quando eu leio um post assim eu vejo que eu preciso esperar para ter filho, principalmente porque trabalho produzindo conteúdo, se não tiver tempo para isso, não terei dinheiro para pagar as contas. Filho trás muita alegria, é o coração fora do peito.. mas é um desafio e tanto na vida de qualquer pessoa, né?

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  3. Adorei... tenho dois filhos e concordo com todas as suas mudanças porque é assim mesmo que as coisas acontecem! O tempo voa, a gente se dedica muito mais à eles e onde eu encosto, durmo! rs
    Uma coisa curiosa que eu falo muito é que eu AMAVA assistir filme de terror... depois que me tornei mãe, não sei pq não consigo mais!
    Beijooooo ;)
    Jake
    Blog Jake Badulake

    ResponderExcluir
  4. Gostei do seu post compartilhando a maternidade real, tudo sempre tem os dois lados e muito aprendizado ❤
    www.blogsereiando.com

    ResponderExcluir
  5. As mães realmente sempre dizem que a vida muda completamente depois da chegada do bebê.
    Quanto ao tempo, não se preocupe, até quem não é mãe as vezes não tem tempo de sobra, haha. Eu mesma, quando não estou trabalhando, estou sendo dona de casa, tempo de descanso meeeeesmo, só domingo, e olhe lá...
    Sobre o sono, sempre que me perguntam se eu desejo ter um filho, eu respondo que ainda não estou pronta para abdicar do meu sono, pois minha mãe diz que não interessa a idade do seu filho, depois que ele nasce vc nunca mais dorme direito, haha. E além de se tornar corajosa, acho que a sua paciência estar sendo testada também a deixará mais paciente.
    Acho ótimo esse tipo de postagem sobre maternidade sem filtro, pelo que vejo nas redes sociais vc está se saindo super bem como mãe, e essa fase em que o Fê precisa da sua total atenção logo vai passar, então, mesmo sob cansaço, aproveite! Mais um pouco ele estará tomando banho, trocando de roupa e comendo sozinho, será ótimo ver essa evolução dele.
    Beijo Jé, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥
    Canal no Youtube >> Me ajude a chegar em 1K inscritos!

    ResponderExcluir
  6. Não imagino como deva ser essa fase que esteja passando, Jéssica! Mas como você disse, com certeza é a sua melhor fase! ^^

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  7. Eu não sou mãe, mas sei que td vira de cabeça para baixo, mas todas as mães no fim das contas, dizem q essa e a melhor fase da vida!

    Bjss


    Blog Adriane Araujo

    ResponderExcluir
  8. Uma mudança extraordinária, mas que trás coisas boas.

    Amei o post Je!
    Beijos,
    www.lewestinblog.com

    ResponderExcluir